LuvPet
Carregando...

Pets e verão: todo cuidado é pouco

Pets e verão: todo cuidado é pouco
Por Adriana Gandolf : adestradora e franqueada Cão Cidadão

O verão é a estação mais quente do ano, com muitas opções de lazer e diversão para nós e para nossos pets. Mas para que a época fique ainda melhor e sem preocupações, alguns cuidados devem ser tomados com os amigos de quatro patas.

 

Horários de passeio

 

Evite passear com o seu pet entre as 10 e 16 horas. Esse é o período do dia em que o sol está mais quente. Assim como ocorre conosco, os pets também sofrem com as altas temperaturas.

 

Preste atenção nos sinais

 

Observe se o cão está muito ofegante. Algumas raças merecem mais atenção no calor. É o caso dos cães e gatos braquicefálicos, ou seja, os de focinho curto.

 

Teste

 

Nos passeios durante o dia sempre verifique se o chão não está muito quente, para que os cães não queimem os coxins das patas. Para isso, coloque as costas da sua mão e conte até 10, caso não suporte chegar nesse tempo, não é aconselhável submeter as patas sensíveis do seu amigo a essa temperatura.

 

Água sempre

 

Mantenha o amigo hidratado. Ofereça água fresca a ele mais vezes do que o normal. Fazer sorvetes naturais, com frutas e água de côco, também vale para amenizar o calor.

 

Alimentação

 

É normal que em dias quentes o animal perca o apetite e passe a comer menos. A recomendação, então, é diminuir a quantidade de ração. Uma sugestão é escolher um horário do dia mais fresco para realizer a oferta da comida.

 

No mais, reserve um lugar bem fresquinho e com sombra para garantir o bem-estar do pet.

Desenvolvido por Masters Mx